contato@sinttelmt.com.br


(65) 3623-4288

 No dia 11 de novembro, entrará em vigor a Reforma Trabalhista, um dos maiores ataques aos direitos da classe trabalhadora. Um dia antes, dia 10 de novembro, os sindicatos da CUT e demais centrais sindicais organizam o "Dia Nacional de Paralisação", que pretende denunciar os retrocessos promovidos pelo governo ilegítimo de Michel Temer. 

No dia 10 haverá manifestação a partir das 15:00 na praça Alencastro, mostrando à população as mazelas que o governo já trouxe à vida do trabalhador e o que ainda pode ser aprovado, como a Reforma da Previdência, que dificultará o acesso à aposentadoria.